sábado, 30 de outubro de 2010

Cadê o projeto? ou melhor "Cadê a fiscalização da realização do projeto"?




Sobre a reportagem publicada no jornal Notisul de 29 de out de 2010


Veja a matéria clicando aqui.


Ao ler a matéria, confesso que fico surpreendido com o despreparo de nossos representantes municipais.Nossa cidade passa todos os anos por situações de tensão, onde presenciamos fortes chuvas que por sorte,podemos dizer assim, não terminam em algo trágico como a enchente de 1974.


Passados tantos sustos e tantos anos , mais de três décadas, como se pode reinvidicar recursos do governo para melhorias em nosso rio apresentando um projeto de 1980? É óbvio que a situação seria totalmente diferente daquela época, tanto em questões de legislação ambiental como questões documentais. Seria necessário dois meses para esta revisão? Até podemos considerar este tempo aceitável, porém, o que realmente seria necessário e plausível, é que a Prefeitura já tivesse este documento atualizado com informações pelo menos dos últimos 3 ou 5 anos pois oportunidades e situações que exigessem tal não faltaram.



Devemos agir como uma empresa, você tentaria a aprovação de um projeto junto a diretoria com dados totalmente desatualizados?

Precisamos ser mais acertivos quando procuramos recursos federais, precisamos ser mais profissionais ou ficaremos a mercê da boa vontade federal...

O comentário do secretário de planejamento da prefeitura, Edvan Nunes, infelizmente foi infeliz, vejamos abaixo:

" - Não entendemos o porquê desta demora (da Prosul - empresa responsável pelo projeto). Não podemos esta perder esta verba. Não é só pelo fato de ser muito dinheiro, mas especialmente por se tratar de uma obra incostetavelmente importante para a cidade".


Ele tenta colocar a responsabilidade em um contratado provalvelmente pela sua secretaria. Caso a cidade venha a perder esta verba convenhamos que o maior responsável é o próprio Edvan, pois ele representando sua secretaria é o responsável maioral pela fiscalização de trabalhos de terceiros contratados, bem como, o cumprimento de prazos estipulados.


Leonildo da Silva

Um comentário:

  1. http://video.br.msn.com/watch/video/reciclagem-de-terras-raras/aol7puz5

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.